Aracaju, 06 de Dezembro de 2021

7 Dicas para Mulheres que Viajam Sozinhas

16/07/2021 10h:13 - Por Com informações do GMQVS - Foto: Pixabay

Aos poucos, com a vacinação da covid-19 avançando, as pessoas começam a se programar para voltar a viajar. A covid trouxe cuidados extras para quem vai viajar, principalmente as mulheres que viajam sozinhas.  

 

Recentemente, algumas mulheres que viajavam para o Reino Unido, denunciaram ao Jornal The Times que estavam sendo assediadas por funcionários responsáveis por “manter a ordem” nos hotéis destinados aos 14 dias de quarentena, obrigatória para quem chega ao país.

 

Independente de pandemia, mulheres que viajam sozinhas precisam estar mais preparadas que outras pessoas para imprevistos ou situações de risco num local desconhecido.  Mas isso não significa que você vai deixar o medo tomar conta e não viajar.

 

Afinal, viajar sozinha pode ser uma excelente oportunidade de autoconhecimento, realização pessoal, independência, mais segurança de tomada de decisões, amplia a visão de mundo...  Enfim, são muitos os benefícios.

 

Para ter uma viagem tranquila, vale atentar para algumas dicas.

 

 

           Procure se informar sobre tudo

 

Pesquise muito sobre o destino que escolheu para viajar. Da localização do hotel,  trajeto para chegar ao local, preço do trajeto. Aliás, antes de tudo, verifique o preço do hotel. Pode até ser que aquela oferta maravilhosa, seja até verdadeira, mas preço baixo demais é motivo pra desconfiar.

 

 

          Tenha um bom plano de internet e celular

 

Além de ajudar na informação de qualidade e mais rapidamente, um celular pode salvar o turista de situações extremas, como quando está perdida, chamar um táxi, pedir uma informação para o hotel, etc. Mas e se perder o celular ou for roubada? Daí que ter sempre por escrito, na bolsa ou num bolso da calça, no velho e bom papel, o endereço, o telefone do seu hotel ou do local onde está hospedado, de  um amigo, um parente  ou de um colega é sempre importante.

 

 

           Mala

 

Organize uma mala prática e que você mesma possa carregar. Além de encontrar dificuldade para encontrar alguém para lhe ajudar a carregar, você pode acabar numa situação oposta: alguém “muito” interessado em carregar sua mala, só que pra bem longe de você. Em geral, nas viagens internacionais, táxi é muito caro e você vai precisar utilizar o metrô. Já pensou o transtorno em ter que carregar uma mala pesada num transporte público?

 

 

           Bebida alcoólica

 

Mulheres que viajam sozinhas podem beber, mas moderadamente. E se está numa balada, fique sempre atenta ao seu copo. De preferência, carregue sempre com a mão cobrindo a borda do copo ou da garrafa.

 

 

           Nunca levar encomendas dos outros

 

Se você assistiu ao filme “O Diário de Bridget Jones”, deve  lembrar da cena em que a protagonista é levada do aeroporto para a cadeia por carregar drogas, isso porque  faz um favor a um namorado da amiga. Bem, a arte imita vida, querida.  Por isso, nunca, nunca leve encomenda de ninguém. Você pode até ficar sem jeito de negar, mas não ceda. Tem muita droga camuflada em objetos aparentemente inofensivos.

 

 

           Preconceito

 

Infelizmente, ao redor do mundo, ainda existem lugares que têm muito preconceito com mulheres que viajam sozinhas. Por isso, informe-se muito bem sobre a cultura local e tenha paciência para não provocar situações que possam leva-la a  passar por constrangimento. Não se afete tanto, respeite e vá se divertir.

 

 

           Documentação

 

Tenha toda a sua documentação exigida para a entrada em cada país. Infelizmente, além de carregar o estigma de ser mulher, você está sozinha e é uma estrangeira.  Com a documentação correta, caso haja algum abuso, você tem como reclamar à embaixada do seu país de origem.

 

 

Comentários