Aracaju, 01 de Março de 2021

O legado da estilista Coco Chanel

24/01/2021 11h:26 - Por Redação - Foto: Arquivo

                                                            

“Vista-se mal e notarão o vestido.

Vista-se bem e notarão a mulher.”

(Coco Chanel)

 

O mundo da moda lembra, neste mês de janeiro, os 50 anos da morte de Coco Chanel. A estilista francesa e fundadora da marca Chanel S.A. é a única presente na lista das cem pessoas mais importantes do século XX da revista Times.

 

Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como Coco Chanel,  nasceu em Saumur, na França, em 19 de agosto de 1883. Teve uma infância difícil, a maior parte passou num orfanato, e começou a trabalhar muito cedo. Inclusive, foi num desses empregos, no café La Rotonde, um cabaré onde cantava as duas únicas músicas que sabia, recebeu o seu apelido “Coco”, que significa “querida”.

 

O começo da carreira na moda foi em Paris, num estúdio emprestado de Etienne Balson, seu primeiro amor, Coco montou uma chapelaria (1909). Logo os chapéus da estilista se destacaram, pois ao contrário da moda à época, rejeitavam a ornamentação exagerada em favor de detalhes mais simples e mínimos, como uma pena ou camélia singular.

 

 

 

                                                                                                 Foto: wikimedia.commons

                                        

                                                          Coco lançou chapéu casual em jersey (1917)

 

 

Coco Chanel ganhou destaque absoluto como estilista durante os anos 60. Tornou-se um elemento chave na aparência das mulheres do século XX, libertando-as da opulência exagerada do século 19. Seu estilo influenciou a forma das mulheres se vestirem, inclusive, no trabalho.

 

 

 

Legado

 

Qualquer pessoa que conhece um pouco de moda é influenciada por Coco Chanel. Afinal, quem não tem o famoso “pretinho básico” no guarda-roupa? Foi Coco quem criou o vestido tubo preto, que se tornou referência de elegância e uma das peças mais versáteis, atemporais, do guarda-roupa feminino.

 

 

                                                                                          Foto: wikimedia.commons

                                                                                                                                Coco lançando calças compridas femininas

 

 

Chanel criou as primeiras calças femininas, lançou a moda dos cabelos curtos, além dos cardigans e do clássico tweed. Nas cores, deu destaque ao preto e branco para qualquer ocasião, não só para velórios, como era antigamente. Além disso, tornou as pérolas um item clássico da moda. Ela também foi a primeira mulher que roubou o paletó e a calça do namorado e lançou o “boyfriend style".

 

 

                                                                                              Foto:wikimedia.commons

                                                                                                                               Pérolas: Chanel torna um clássico da moda

 

 

O clássico perfume Chanel n°5 é ainda um dos mais vendidos no mundo e tem esse nome porque “5” era seu número da sorte. Sua habilidade para o marketing era admirável: Chanel pegou alguns frascos da fragrância nº5 e deu de presente para suas melhores amigas e clientes, que voltaram satisfeitas querendo comprar o perfume.  Coco foi a primeira estilista na história a lançar uma fragrância com seu nome.

 

 

Vida real

 

A vida pessoal de Chanel teve tanto destaque quanto sua carreira. Ela mentiu por muito tempo sobre sua origem, pois sua mãe a teve antes do casamento – um escândalo naquela época. Coco também ficou famosa por uma lista considerável de namorados e por mentir a idade, que sempre diminuía 10 anos.

 

Alguns historiadores apontam Chanel como colaboradora do regime nazista na França. Por conta disso, foi exilada na Suíça, após o final da Segunda Guerra. Tem quem vê semelhanças entre o logo da marca Chanel, que tem dois CC entrelaçados, com o símbolo da SS, da suástica.

 

Polêmicas à parte, Chanel é uma das estilistas mais influentes do mundo. Foi uma das responsáveis por revolucionar o jeito de ser, pensar e vestir da mulher.

 

 

Comentários