Aracaju, 05 de Junho de 2020

Homewear em alta

Pessoas tendem a ficar mais arrumadas em casa por causa de videoconferências e chamadas de vídeo
05/04/2020 16h:42 - Por Da Redação - Foto: Unsplash ( Alan Rojo)
O período de quarentena vem definitivamente mudando hábitos dos brasileiros. Com a possibilidade de fazer chamadas de vídeo com  amigos e parentes ou videoconferências, por conta do trabalho, as pessoas estão se “arrumando” mais em casa.

Apesar de não ser algo novo, a homewear está em alta nesses tempos de isolamento, causado pela crise do coronavírus. Muitas empresas, de olho nesse mercado e usando de criatividade para sair da paralisação nas vendas, estão investindo em propaganda on line de vestuário e sapatos mais confortáveis para ficar em casa.
 
Homewear vem sendo uma tendência, principalmente na última década, quando as pessoas passaram a aderir mais o home office.
 
A personal stylist chilena, Constanza Fernandes, faz questão e ressaltar, no entanto, que não se deve confundir a homewear com pijama. “Homewear tem que ir pra rua também, mesmo que na sua definição seja roupa de ficar em casa. Procurei no Google por homewear e só achei camisolas e pijamão, e não, não é disso que estou falando”, explica
 
Na Europa e nos Estados Unidos algumas marcas como Uniqlo e Oysho, nos últimos anos, estão apostando em peças básicas para quem quer comprar roupas para ficar em casa.
 
No Brasil, o homewear ainda é recente. Por uma questão de cultura, as pessoas ainda utilizam roupas mais usadas e confortáveis para ficar em casa. Short e camiseta são os “ queridinhos” dos brasileiros.
 
Mas são tempos difíceis. Pouca gente pode investir, na atual conjuntura, em roupa específica para ficar em casa. Por isso, o Conecte Mulher consultou alguns especialistas em moda e selecionamos algumas dicas de como ficar “arrumadinha” em casa, sem perder o conforto.
 
 
 
                                 
                                             Foto: Pinterest
 
Calças de moletom ou legging levinhas, jeans macios com stretch são peças que trazem conforto e praticidade;
 
 
 
                                 
                                            Foto: Amaro

Outra dica são as peças únicas, como um vestido midi ou longo, larguinhos e com tecidos frescos, porque mesmo no outono, aqui, no Nordeste, é muito quente.
 
 
 
                                
                                           Foto: Urbanflow
 
Os looks básicos podem ganhar um toque especial com uma sandália ou chinelão estilosos, ou ainda um tênis como os skeakers.
 
Comentários