Aracaju, 24 de Setembro de 2020

Apê com jeitão de casa

O lar da Susana Guimarães traz referências da moradora, com espaços e objetos inspiradores
26/04/2020 12h:21 - Por Deise Dias e Susana Guimarães - Fotos: Acervo pessoal
Quando a jornalista e design Susana Guimarães mudou-se para um apartamento no bairro Atalaia, tinha como objetivo estar mais próxima do mar e aproveitar para dar longas caminhas, curtindo o sol. Logo que se mudou, veio a pandemia do coronavírus. De férias, em seguida, Susana decidiu que era hora de colocar o novo lar do seu jeito.
 
“As férias em pandemia não me deixaram aborrecida porque resolvi fazer coisas que minha casa precisava. O material eu já tinha comprado, só faltava inspiração”, disse.
 
Susana aproveitou o dom de costurar, herdado da mãe, e colocou a criatividade em prática. Com uma mão na máquina de costura e outra nas agulhas de crochê, ela começou pelas almofadas em tecidos à prova d'água para a varanda. “Terminei o crochê começado, que viraram almofadas coloridas. Fiz nova capa para o pufe de carretel”.
 
 
         
 
 
                                                             
 
 
O trabalho mais recente da design foi a reforma da penteadeira: “A minha penteadeira, garimpada em brechó, já foi verde, branca e, agora, pintei de azul clara. A tinta latex foi improviso e a cor eu consegui misturando com tinta acrílica. Eu gostei!”
 
 
                            
 
 
 “A cama azul, que também garimpei no brechó há anos, pintei tem alguns meses. Também reformei os criados-mudos.  Meu quarto está inspirado no quarto da Donna, do filme Mama Mia.😊”, revela a design.
Seu gato, Simbá, ao que tudo indica, adorou!
 
 
                             
 
 
Susana deixou as paredes do apartamento brancas e colocou cores nos objetos. “Na sala, dei uma patina na mesa de jantar e pintei as cadeiras. Adoro cores!” Mesmo assim, não resistiu e deu um toque especial numa das paredes da sala: “Apliquei esse papel de parede pra emoldurar o espelho.”
 
 
                              
 
 
Para a Susana, tudo pode ser aproveitado. Seu passeio predileto é garimpar peças em brechós e casas de móveis usados, onde descobre verdadeiros tesouros. É o caso da cristaleira que ocupa local de destaque na sala.
 
“Esta cristaleira foi o meu primeiro achado no brechó. Dei uma patina, pintei as prateleiras e o interior de verde e colei tecido colorido no fundo”, conta.
 
 
                               
 
 
Susana Guimarães tem olho clínico para peças que podem ser transformadas: “O aparador foi um resgate. Minha comadre ia jogá-lo fora! Pode? Pintei e fiz patina em verde e azul. Está comigo há um tempão”, lembra.
 
 
                                
 
 
E então?  Que acha de aproveitar essas dicas e também tentar você mesma fazer algo no seu cantinho? A Susana diz de onde vem sua inspiração:
 
“Eu gosto de reaproveitar, ressignificar os objetos. Redescobrir a beleza de outro jeito. Adoro por a mão na massa. Isso dá personalidade. O melhor é que é sustentável. Também faz bem para o bolso. Sem contar que ter uma coisa feita por você mesma proporciona uma imensa satisfação. Aproveite o tempo colocando ideias em prática! Só fazendo que se aprende”, conclui.
Comentários