Aracaju, 05 de Junho de 2020

Transição capilar: como a quarentena pode ajudar nesse processo

28/04/2020 20h:57 - Por Da Redação Foto: Acervo Pessoal

 

Mais de um mês sem salões de beleza, durante o período de quarentena, e muitas pessoas acabaram decidindo por em prática uma mudança de visual mais radical, como uma transição de cabelo liso para cacheado ou deixar o cabelo crescer com os fios brancos. Até celebridades, como a apresentadora Maísa Silva, por exemplo, postaram em seus perfis nas redes sociais esse momento de transição.

 

A especialista em cachos naturais, Mariana Costa Reis(@marianacosta_chs), 31 anos, afirma que qualquer momento é momento de deixar a química, mas que o isolamento social pode ser bom para essa transição. “A gente está mais em casa, repensando a vida. Não é obrigada a fazer chapinha para ir pro trabalho, além de estar lavando mais o cabelo. Isso ajuda bastante nesse momento de transição”, explica.

 

Mariana revela que nos últimos anos, cada vez mais mulheres estão deixando seus cabelos com os cachos naturais ou ainda cortando bem curtinhos. Para Mariana, isso é resultado de um amadurecimento da mulher, que, hoje, assume mais o seu cabelo, um reconhecimento às suas origens.

 

Transição

 

O período de transição do cabelo para muitas mulheres é considerado desafiador. A apresentadora Maísa Silva postou até uma espécie de diálogo com suas madeixas nas redes sociais, no início de abril, que rendeu vários comentários.

 

                                               

                                                     Foto: Instagram

 

A gente têm passado mais tempo juntos, sozinhos e eu tenho percebido que você é muito legal! Que você nunca quis me machucar, que talvez, eu tenha colocado a culpa de muitas coisas em você (foi sem querer, eu juro). Me desculpe por reclamar tanto de você...” ( Maísa Silva).

 

A especialista em cachos, Mariana Reis, disse que é natural momentos de dúvidas em períodos de transição capilar. Apesar da transição capilar ser mais fácil nos dias de hoje, ela admite que nem todo dia o cabelo vai estar bonito. “Mesmo sem estar em transição, não é todo dia que o cabelo está legal. A gente não é obrigada a estar perfeita todos os dias”, assegura.

 

Para ajudar quem optou por fazer a transição do cabelo com química para o natural, Mariana Reis dá algumas dicas.

 

- Utilize acessórios, como lenços, turbantes, presílias e até brincos,  que valorizam os cabelos;

 

-  Se tiver difusor no secador de cabelo, é uma boa ferramenta para definir melhor os cachos. Caso não tenha, a especialista indica o bigudinho ou papelote, que pode ser feito até com papel de revista;

 

  

 

- Manter o cabelo sempre hidratado também ajuda nesse período de transição.

 

 

Comentários