Aracaju, 06 de Dezembro de 2021

O que é verdade e o que é mito sobre os Bioestimuladores de Colágeno

Doutora Paula Caroline Garcia, biomédica estética e sócia da Clinic ursos tira todas as dúvidas sobre essa técnica, que está na moda entre famosos (como o ator Reynaldo Gianechini) e não famosos pelo país inteiro
18/11/2021 09h:03 - Por Ascom - Foto: Divulgação

 

Os bioestimuladores de colágeno estão entre o que há de mais moderno dos procedimentos estéticos. Com o passar do tempo, estresse, poluição e exposição excessiva ao sol, ou seja, fatores intrínsecos e extrínsecos, o nosso corpo reduz consideravelmente a produção de colágeno e começamos a viver de reservas. 

 

Para as pessoas que não querem consumir cápsulas de colágeno, uma alternativa  é a utilização do Bioestimuladores de Colágeno, fazendo com que o próprio organismo seja estimulado a produzir a substância. Esse procedimento ficou conhecido por seu uso entre os famosos o ator Reynaldo Gianecchini de 48 anos, que realizou o procedimento em março deste ano com o intuito de rejuvenescimento. 

 

Mas como todo procedimento estético é fundamental que as pessoas tenham todas as informações e saibam o que é verdade ou não sobre esse tema. 

 

Para isso, a Dra. Paula Caroline Garcia, Biomédica Estética, com 11 anos de atuação em clínicas de estética, SPAs e especialista em técnicas avançadas e eletroterapias e Sócia da Clinic Cursos tira todas as suas dúvidas.

 

 

  1. Como age o Bioestimulador de Colágeno?

 

O mecanismo de ação consiste na estimulação dos fibroblastos, células capazes de produzir fibras de colágeno, em resposta a uma inflamação tecidual subclínica. Os resultados começam a ser visíveis após um mês, sendo o pico de estimulação em torno de 3 meses após a aplicação. 

 

 

  1. Como é aplicado? 

 

São injetados no plano entre a derme profunda e hipoderme por profissionais habilitados. É um procedimento tranquilo de ser realizado pode ser feito em clínicas e consultórios é minimamente invasivo e é feito com a utilização de anestésico local.

 

 

  1. Qual tipo de profissional pode realizar esse procedimento? É necessário alguma formação específica?

 

Profissionais como Biomédicos, Dentistas, Médicos, dentre outros da área da saúde podem realizar, é necessário habilitação na área da estética e estar com conselho ativo.Os médicos têm regulamentação para atuarem na área da estética injetável facial e corporal, assim como os biomédicos e farmacêuticos estéticos. Já os dentistas podem trabalhar apenas rosto e pescoço, não podendo atuar em corpo e capilar. Outros profissionais como fisioterapeutas, enfermeiros e biólogos devem atuar sempre seguindo as atualizações dos respectivos conselhos de classe. 

 

 

  1. Podem ser associados a outros procedimentos?

 

Verdade: Os bioestimuladores podem ser associados a outros procedimentos que estimulem colágeno, como a radiofrequência e o ultrassom micro e macrofocado, a fim de potencializar os resultados.

 

 

  1. Pode ser aplicado em qualquer parte do corpo?

 

Verdade: pode ser aplicado no corpo e na face colo e pescoço, com exceção de algumas áreas como olheira e testa.

 

 

  1. Serve para rejuvenescer?

 

Verdade: Como é um procedimento que estimula o colágeno, pode ser dito que tem função de rejuvenescimento sim, afinal ele tem papel importante na sustentação e elasticidade da pele

 

 

  1. É indicado somente para pessoas com mais de 40 anos?

 

Mito: Os bioestimuladores podem ser usados para tratar a flacidez, mas também para prevenir. Não existe idade mínima, muito menos máxima, para decidir sobre aplicação. 

 

 

  1. Procedimento é muito dolorido?

 

Mito: Claro que depende da sensibilidade de cada pessoa, porém o procedimento é pouco doloroso devido o uso de anestésicos e permite a volta às atividades cotidianas.

 

 

  1. Bioestimuladores diminuem estrias e celulites?

 

Verdade: A indicação principal não é exatamente essa, mas observamos uma melhora significativa tanto na celulite quanto nas estrias.

 

 

  1. Possui efeitos colaterais sérios?

 

Mito: Pode haver edema, rubor e hematoma no local da aplicação, mas nada que impeça o retorno às atividades sociais e profissionais.

 

 

  1. O efeito passa em pouco tempo?

 

Mito: Como agem estimulando o próprio organismo a produzir colágeno, o que se ganha de resultado é mantido. De uma forma geral o produto permanece no organismo por até 2 anos.

 

 

  1. O custo é elevado?

 

Verdade: Devido a alta tecnologia do produto, os custos costumam ser mais elevados, mas os resultados compensam todo investimento. Na Clinic Cursos , você tem a oportunidade de fazer esse e outros tratamentos pagando apenas o custo do produto, dessa forma você investe na sua beleza pagando um valor bem menor que nas clínicas de estética. 

 

 

 

Sobre a dra. Paula Caroline Garcia

 

 

                             

 

 

A dra. Paula é Biomédica Estética com 11 anos de atuação em clínicas de estética e SPAs. Especialista em técnicas avançada e eletroterapias e gestão de negócios. CEO e responsável técnico da Clinic Biomedicina Estética. CEO e coordenadora pedagógica da Clinic Cursos. Fundadora da Spa inPars, empresa do ramo de bem estar em eventos.  Docente nos cursos de Harmonização Orofacial e corporal há 3 anos.  Colunista convidada para matérias da área de beleza e saúde para o consumidor final.

 

www.cliniccursos.com.br

Comentários