Aracaju, 23 de Setembro de 2018

Sem exageros: cuide da alimentação nas festas de fim de ano

Nutricionista do hospital San Paolo, de São Paulo, alerta sobre a importância de não consumir álcool e doces em excesso
19/12/2017 11h:03 - Por Da Redação
Article cover big 57fcfcf24e54d392

É comum as pessoas não resistirem aos excessos das festas de final de ano e extrapolarem na ingestão de calorias.Por outro lado, se você cuidou do seu corpo e da sua alimentação o ano todo, na visão da nutrição, não é o excesso em dois dias que irá desequilibrar o processo de educação alimentar que foi feito ao longo desses meses.

 

Não se deixe perseguir por algumas calorias adquiridas durante as festas. De acordo com Flavia Salvitti, nutricionista do Hospital San Paolo (SP), o ideal não é deixar de comer, mas sim ter atenção nas escolhas. “É preciso bom senso na hora dos doces e bebidas alcoólicas para não se sentir indisposto e estragar a festa. O álcool carrega bastantes calorias e não apresenta nada que vá agregar à saúde. Pelo contrário, prejudica ao ressecar tecidos e estimular o acúmulo de gordura no fígado”, explica.

 

Para sentir-se saciado, a orientação é começar com a salada de folhas, em seguida partir para o prato principal (sem exagerar) e, na escolha da sobremesa, optar por frutas frescas e da época, como figo, ameixa e pêssego. O abacaxi, por exemplo, tem baixo valor calórico e ajuda na digestão de proteínas. “Mas, se ainda estiver com disposição, pode experimentar o doce de sua preferência”, coloca Flavia.

 

Existem alguns métodos que as pessoas adotam próximo às festas de fim de ano, com o objetivo de preparar o organismo para a ingestão calórica de alimentos. Alguns são válidos, mas outros podem ser armadilhas. Deixar de comer durante o dia para “sobrar espaço” para a noite, por exemplo, é criar desculpa para extrapolar no prato durante as festas.

 

Praticar exercícios físicos regularmente garante que o metabolismo seja mais acelerado, porém, essa não deve ser uma desculpa para consumir mais alimentos do que o corpo realmente necessita. Depois das festividades, vale a pena investir em uma dieta desintoxicante - ou seja, uma dieta para ajudar o organismo a voltar à rotina alimentar natural. “Então, exagere na água, nos sucos verdes ricos em antioxidantes e nas frutas frescas, que são ricas em vitaminas e minerais”, acrescenta ela.

 

Já o uso de laxantes não é indicado a nenhum indivíduo para o processo de emagrecimento, pois deve ser receitado por um especialista como alternativa à obstipação intestinal. “Estudos indicam que o uso de laxantes agride a flora intestinal, deixando o usuário mais propenso a doenças intestinais. Portanto, pense bem antes de tomar um medicamento sem prescrição médica”, finaliza a nutricionista do San Paolo.

 

 

 

 

Comentários