Aracaju, 15 de Outubro de 2018

Brasileira encara etapa inédita do Mundial de Salto de Penhasco e promete os movimentos 'mais difíceis do mundo’

No vilarejo de Sisikon (SUI), Jaki Valente destaca preparação em busca de pódio na competição
02/08/2018 11h:42 - Por Da Redação
Article cover big 86a1853ccf86f981
Jaki Valente tenta salto na etapa do Chile, do Red Bull Cliff Diving, após ter conquistado o vice-campeonato inédito (Romina Amato/Red Bull Content Pool)

 

 

Ex-integrante de circo, ginasta e acrobata de saltos ornamentais, a brasileira Jacqueline Valente volta a representar o País no Red Bull Cliff Diving, neste domingo (5), em um vilarejo de paisagens estonteantes na Suíça. Com um vice inédito na carreira conquistado no último ano, Jaki está confiante em subir ao pódio do Campeonato Mundial de Salto de Penhasco novamente. O público poderá acompanhar todas as emoções ao vivo, em transmissão especial pela internet.

Na Suíça há algumas semanas, Jacqueline tem se preparado para encarar a terceira etapa da competição na categoria feminina. Em Açores (Portugal), no mês de julho, a brasileira fez grandes saltos, mas pecou nos metros finais, o que a tirou da briga pelas primeiras colocações. Agora, promete fazer diferente para tentar repetir a etapa da Itália, em 2017, quando faturou o vice-campeonato, melhor colocação da história do País na competição.

“A minha participação nos Açores foi muito legal. Fiz os dois saltos mais difíceis do mundo, mas lá tem ondas, e elas não me ajudaram muito. Eu fiquei muito feliz com a evolução dos meus saltos, que estão bem melhores. Só falta um pequeno detalhe na água. Agora, na Suíça, será em um lago. Então, pode ser bem melhor para mim. Estou muito feliz, ansiosa e contente. Vou fazer os mesmos saltos e espero ter bons resultados”, analisou a atleta.

Para brigar por uma boa posição, Jaki terá de superar grandes nomes do esporte, como a mexicana Adriana Jimenez, líder da competição, e da australiana Rhiannan Iffland, uma colecionadora de diversos títulos. Na categoria masculina, o estadunidense Steven LoBue busca a terceira vitória consecutiva, fato que só ocorreu duas vezes na história, com o britânico Gary Hunt e o colombiano Orlando Duque.

A etapa suíça retorna ao calendário após oito anos, mas estreará um novo lugar. O pequeno vilarejo de Sisikon conta com vários penhascos e um grande lago. Menos de 500 pessoas são habitantes permanentes, ou seja, a população deve multiplicar só neste final de semana. O local ainda guarda uma lenda, cujo herói saltou de penhasco para fugir de seus perseguidores.

Os brasileiros poderão torcer pela gaúcha Jacqueline Valente e acompanhar todas as emoções pela Red Bull TV, no link, com transmissão ao vivo a partir das 10h30 (horário de Brasília), neste domingo (5).

 

 


 

Comentários