Aracaju, 20 de Novembro de 2018

As habilidades que todo profissional deve ter: Soft skills e hard skills

19/10/2018 11h:22 - Por Da Redação
Article cover big f26eb0e233d6a772

Você já passou alguma vergonha em entrevista de emprego por não saber o que os termos soft
skills e hard skills significam? A hora de virar esse jogo é agora!


Soft Skills e Hard Skills são as habilidades que os setores de Recursos Humanos estão procurando em seus profissionais. Em resumo, remetem às competências que você possui, divididas em dois grupos:


Soft skills: habilidades humanas ou comportamentais


Hard skills: habilidades técnicas

 

Diferença entre soft skills e hard skills


As hard skills são as habilidades ou técnicas que aprendemos (na escola, curso técnico, graduação ou especialização), que podem ser ensinadas e com as quais empregamos nossa mão de obra. Elas, por vezes, dizem respeito à nossa formação acadêmica, técnica, escolar etc. É um conhecimento técnico que nos permite ter uma função dentro de uma organização.


As soft skills são as habilidades humanas, ou comportamentais, que temos intrínsecas à nós e que serão de extremo valor para o nosso comportamento dentro do ambiente de trabalho, na relação com a equipe e com a própria organização. Imagine o seguinte: numa entrevista de emprego, um recrutador não passará para uma próxima fase de um processo seletivo alguém que demonstrou ser agressivo através de suas respostas. Isso significa que ele não possui soft skills necessárias para tornar o ambiente de trabalho um local produtivo e acolhedor. Sem contar, é claro, que esse comportamento provavelmente não tem relação alguma com as morais da empresa.


Com a evolução do mercado de trabalho, as habilidades técnicas deram lugar às habilidades humanas. Isso quer dizer que as hard skills, que antes eram um diferencial, agora são essenciais em um currículo. São as soft skills que distinguem dois profissionais com a mesma formação acadêmica, por exemplo.


A seguir, veja detalhadamente o que cada uma dessas habilidades significa.

 

Hard Skills: habilidades técnicas

 

São as habilidades técnicas que você adquiriu durante a vida, que foram aprendidas, que podem ser ensinadas e também quantificadas. São ressaltadas no currículo, afinal, é através delas que os recrutadores avaliam se uma pessoa é qualificada para ocupar determinada função ou cargo de trabalho. Se você ainda não entendeu quais são essas informações, ou habilidades, que precisam estar no seu currículo, vejo alguns exemplos:


● Cursos técnicos


● Graduação


● Curso de Marketing Digital  https://www.udemy.com/marketing-digital-completo/ 


● Cursos de extensão


● Domínio de língua estrangeira


● Especializações


● Curso de Design


● Mestrado


● Curso de programação


● Doutorado


● Curso de Excel


As habilidades citadas anteriormente são essenciais em currículos, pois são elas que vão designar uma função ou cargo de trabalho para você, dentro de uma organização. São elas, também, que definem a sua profissão, além de provarem que você está qualificado para ocupar determinada vaga de emprego.


Para dar um exemplo mais palpável do que foi dito acima, imagine a seguinte situação: um entrevistador de uma organização recrutaria uma pessoa graduada e especializada em Biologia para o cargo de Gerente de Marketing? Provavelmente não, certo? A não ser que essa pessoa  tenha alguma outra formação na área de Marketing, ela nem será cogitada para participar do  processo seletivo.

 

Soft skills: habilidades comportamentais


São as habilidades humanas que, geralmente, são reflexos da nossa personalidade e de nossos valores. Podem também ser chamadas de habilidades comportamentais ou interpessoais, já que estão relacionadas à comunicação, inteligência emocional e relacionamento com pessoas.


A contratação de funcionários com uma gama de habilidades comportamentais já é uma realidade nos processos seletivos e dentro das organizações. Afinal, foi comprovado através de pesquisas o fato de que essas habilidades influenciam diretamente nos resultados positivos de uma empresa. A seguir, alguns exemplos de soft skills:


● Liderança

● Trabalho em equipe

● Organização

● Ética

● Comunicação

● Proatividade

● Empatia

● Produtividade

● Pensamento Crítico

● Criatividade

 

As habilidades comportamentais se diferenciam das hard skills porque são subjetivas, ou seja, são difíceis de avaliar ou quantificar. Também são indicadas em cartas de apresentação ou currículos, e você provavelmente precisará falar sobre elas em dinâmicas de processos seletivos ou entrevistas de emprego, em conversa com recrutadores.

 

Como posso demonstrar minhas habilidades?

 

Agora que você já aprendeu a importância de ter soft skills no currículo e na ponta da língua para entrevistas de emprego, é preciso saber falar sobre elas. O que as empresas buscam em um profissional com essas qualidades é uma diminuição nos problemas internos da organização.

 

Logo essas habilidades refletem diretamente na contratação de funcionários que estejam de acordo com as regras da empresa, com os padrões ético e morais, com um ambiente de trabalho saudável. Com funcionários desse porte, a empresa terá um engajamento e envolvimento constantes nas atividades desenvolvidas, e também uma baixo nível de insatisfação por parte dos funcionários.

 

Faça uma autoavaliação, levando esses dois grupos de habilidade como critérios. Quais  competências você possui? Quais experiências profissionais anteriores comprovam isso?
Como as suas habilidades comportamentais podem ser demonstradas em uma entrevista de  emprego, através de linguagem e atitudes? Com essas respostas, você está pronto para ser o
profissional que toda empresa está procurando!.

 

 

 

 

Comentários