Aracaju, 24 de Setembro de 2018

Máscaras faciais: saiba qual é a melhor para cada caso

Elas hidratam a pele, melhoram o colágeno e a textura facial
16/12/2015 10h:48 - Por Da Redação
Article cover big 5cca8a5e909e4873
Foto: Arquivo/Conecte

Sabe aqueles probleminhas de pele como: manchas, rugas, oleosidade e falta de viço?  As máscaras faciais podem ser a solução se você enfrenta diariamente esses incômodos. As máscaras hidratam a pele, melhoram o colágeno, textura facial e ainda promovem um relaxamento. 


Segundo a fisioterapeuta dermato-funcional do Fit Body Pilates Spa & Estética, Debora Santos, as máscaras agem melhor que os cosméticos diários. “Isso porque as máscaras faciais possuem uma concentração maior e vários ativos que podem agir como hidratante e rejuvenescedor ao mesmo tempo”, explica.


Efeito Cinderela


O efeito Cinderela, que dá aquele upgrade rápido e visível, é o que torna as máscaras faciais bem atrativas. Elas são uma opção para quem quer, por exemplo, um efeito tensor temporário e uma pele mais luminosa para arrasar em uma festa. "É possível proporcionar rapidamente luminosidade e efeito energizante em peles cansadas e sem brilho", diz Debora. "As máscaras também favorecem a absorção cutânea dos ativos   porque formam uma película que ativa a circulação e, consequentemente, se obtêm melhores resultados.”


As máscaras são também grandes aliadas de procedimentos estéticos. Após um peeling, por exemplo, a pele fica mais receptiva à penetração de ativos de uma máscara. "Pode-se usar, nesses casos, uma a base de vitamina C que ajuda no rejuvenescimento e é ainda antioxidante", explica a fisioterapeuta dermato-funcional. Há ainda versões calmantes, essenciais para amenizar irritação ou inflamação, geralmente causadas pela aplicação de laser, sessão de limpeza, entre outros tratamentos dermatológicos mais agressivos.

Comentários