Aracaju, 20 de Outubro de 2018

Coluna

Post 38709a474f3f1d37

Pensamento, palavra e ação

Por Suely Buriasco

Treinamentos em resolução de conflitos e coaching para equipes, familiares e pessoais.
Aprenda a administrar conflitos e fortaleça suas relações!

 

Suely Buriasco é  consultora em Mediação Corporativa, Mediação de Conflitos e Coach, atuando nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Educadora graduada em Estudos Sociais e pós-graduada em Docência Superior e Mediação de Conflitos e MBA em Gestão Estratégica de Pessoas.  É articulista de jornais e sites, sempre abordando temas que incentivam o autoconhecimento e a busca pelo equilíbrio, harmonia e sabedoria. Possui dois livros publicados pela "Novo Século"Editora": Uma Fênix em Praga e Mediando Conflitos no relacionamento a dois.



Agende sua consulta através do telefone 11 3254-7420 ramal 143
WhatsApp 11- 993514566
www.sburiasco.com.br

03/09/2018
SUICÍDIO- Conscientização e Prevenção
Article cover big c15dfe2a7d29ce8a

Parabéns se você leu o título e se interessou. Um dos desafios mais prementes é buscar levantar o interesse das pessoas para um tema que, compreensivamente, desagrada a muitos. É preciso compreender que não falar em suicídio não afasta o risco, muito pelo contrário. A conscientização é fundamental para a prevenção.


Conforme estudo , no Brasil, o suicídio é a terceira causa de morte entre jovens e os índices desse tipo de morte em adultos tem aumentado assustadoramente. Esse é um dado alarmante que não pode simplesmente ser alvo de indignação; é urgente que nos coloquemos a buscar soluções precisas para mudar essa realidade.

 

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 90% dos casos de suicídio poderiam ser evitados. Especialistas reafirmam a necessidade de conversar sobre o assunto, buscando conscientizar as pessoas para a necessidade de assumir uma postura efetiva contra algo muito ruim que está acontecendo todos os dias.
 

Nesse sentido é importante observarmos alguns sinais, como:

 

Condutas autodestrutivas: Ideias derrotistas, pessimismo exacerbado, desânimo e tristeza deve ser sempre motivo de muita atenção.

 

Comportamento autodestrutivo diz respeito a tudo o que coloca o bem-estar em risco, um sentimento de desprezo em relação à vida e à própria integridade.

 

Mudanças de comportamento e humor: Oscilar da tristeza para a euforia ou qualquer mudança drástica no comportamento deve ser motivo de atenção. Principalmente se existe história de depressão, abusos sexuais, drogas, separação dos pais ou fim de relacionamento,medo de não ser aceito ou de não suportar uma perda.

 

Diante das dificuldades, sejam elas quais forem, as pessoas, principalmente os jovens, precisam sentir-se seguros e buscar apoio. O isolamento, seguramente, agrava muito a situação. O diálogo é fundamental; falar e ouvir com a intenção de compreender e se fazer compreendido, abster-se de julgamentos e compartilhar sentimentos é a melhor maneira de estar junto. Conversar é muito importante, pois uma pessoa que pensa em suicídio não quer realmente tirar a própria vida, mas acabar com o seu sofrimento. Compreender isso é um grande passo em direção à vida.

Independentemente da religião é importante conectar-se com o espiritual. 
 

Compreender que, de alguma forma, a vida continua e que todo ato gera consequências pode inspirar a aceitação e a luta para livrar-se de ideias destruidoras.

 

Valorizar e demonstrar amor provoca grande mudança emocional. Muitas vezes, envolvidas em problemas que parecem imensos as pessoas não enxergam o quanto amam e são amadas.

 

Se você apresenta esses sinais ou tem observado isso em alguém, não espere por procurar ajuda. Jamais menospreze esses sentimentos acreditando que, simplesmente, vão passar. Procure assistência profissional, quem está apto a diagnosticar a necessidade de tratamento é um profissional habilitado, como um psicólogo, psicoterapeuta e psiquiatra.
 

 

Não podemos ignorar tão graves índices, muito menos acreditar que isso só acontece na família dos outros. Temos o dever de mudar drasticamente essa situação.

 

 

 

 

Suely Buriasco
Mediadora e Coach
www.suelyburiasco.com.br

Envie seu comentário