Aracaju, 20 de Outubro de 2018

Coluna

Post c647c930266f0c5a

Viajando com Acácia Trindade

Por Acácia Trindade

Acácia Trindade é jornalista há 30 anos. Repórter , editora de Turismo e foi diretora do Jornal da Cidade e de Comunicação do Tribunal de Contas de Sergipe. Atualmente está chefiando a Ouvidoria da Corte de Contas. Mantém uma página sobre Turismo no Facebook - Viajando com Acácia Trindade. Agora passa a fazer parte do time do Conecte Mulher

 

18/09/2018
Primavera: conheça os jardins mais floridos do Brasil
Article cover big e6caec2e6759931b

A estação das flores, época em que várias espécies desabrocham, tem seu início no dia 22 de setembro, próximo sábado, com o fim do inverno, quando ocorre o fenômeno do equinócio. Nessa fase a Terra encontra-se iluminada o que torna os dias e noites com durações iguais, e na maior parte das regiões brasileiras o período é marcado pelo aumento gradativo de calor e incidência de chuvas. Pensando nessa época, realizamos uma seleção de destinos com alguns dos mais belos jardins do Brasil que prometem render bons passeios.

 

Jardim Botânico (RJ)

Importante ponto turístico da cidade, ele conta com uma área de 137 hectares, sendo 54 delas são cultivadas, além de abrigar coleções raras de espécies de flores como bromélias e orquídeas, árvores centenárias e plantas exóticas. O jardim conta com obras do século 16, e guarda um rico patrimônio histórico e cultural como o Jardim Japonês, criado em 1935 a partir da doação de 65 espécies de plantas típicas do Japão.
Jardim Botânico (Curitiba)

 

Importante ponto turístico da cidade, ele conta com uma área de 137 hectares, sendo 54 delas são cultivadas, além de abrigar coleções raras de espécies de flores como bromélias e orquídeas, árvores centenárias e plantas exóticas. O jardim conta com obras do século 16, e guarda um rico patrimônio histórico e cultural como o Jardim Japonês, criado em 1935 a partir da doação de 65 espécies de plantas típicas do Japão.

 

Parque Amanykir (SP)

Inaugurado em 2007, o Parque Amanykir Garden fica localizado em Campos do Jordão, cidade do interior de São Paulo. Apresenta jardins de várias partes do mundo em meio a Serra da Mantiqueira e conta com mais de 700 espécies de plantas harmoniosamente divididas ao longo dos 60 mil metros quadrados. Aberto à visitação durante todo o ano, seus 26 jardins mostram, por meio da beleza, um pouco da cultura de cada país.

 

Instituto Inhotim (MG)

Localizado em Brumadinho, cidade a 60 quilômetros de Belo Horizonte, é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil, e o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. O instituto localiza-se dentro da Mata Atlântica, possui áreas de preservação que compreendem os fragmentos de mata e incluem uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). O jardim tem 4.300 espécies em cultivo, e está cercado por mata nativa, onde estão cerca de 1 500 espécies catalogadas de palmeira, a maior coleção do tipo do mundo.

 

Lago Negro (RS)

Considerado um dos pontos turísticos mais famosos de Gramado, cidade localizada no Rio Grande do Sul, esse lago guarda uma história peculiar. Em 1942, grande parte das árvores foram totalmente queimadas e para tentar conter o fogo, moradores abriram uma fenda no chão, onde encontraram uma vertente que mais tarde seria transformada em um lago artificial, o Lago Negro. Atualmente suas águas escuras e profundas são envolvidas pelo verde das árvores. O parque possui uma área total de quase 90 mil metros quadrados e a do lago de 17 mil m². A visita ao lago é recomendada a qualquer hora do dia, já que o local está sempre movimentado, e onde hortênsias e azaleias se revezam a cada estação em suas margens.

 

 

Jardim botânico - Curitiba

 

 

Amanykir Garden - São Paulo

 

 

Instituto Inhotim - MG

 

 

Lago Negro - RS


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: ViajaNet

 


 
Envie seu comentário