Aracaju, 20 de Janeiro de 2018

Coluna

Post 135e91c45cdeb016

A Gente se Entende

Por Suely Buriasco

Treinamentos em resolução de conflitos e coaching para equipes, familiares e pessoais.
Aprenda a administrar conflitos e fortaleça suas relações!

 

Suely Buriasco é  consultora em Mediação Corporativa, Mediação de Conflitos e Coach, atuando nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Educadora graduada em Estudos Sociais e pós-graduada em Docência Superior e Mediação de Conflitos e MBA em Gestão Estratégica de Pessoas.  É articulista de jornais e sites, sempre abordando temas que incentivam o autoconhecimento e a busca pelo equilíbrio, harmonia e sabedoria. Possui dois livros publicados pela "Novo Século"Editora": Uma Fênix em Praga e Mediando Conflitos no relacionamento a dois.



Agende sua consulta através do telefone 11 3254-7420 ramal 143
WhatsApp 11- 993514566
www.sburiasco.com.br

28/10/2015
O conformismo não é normal: a vida exige ação
Article cover big 9e50e43cccece6f1

Ouço diariamente uma gama de reclamações sobre a vida, trabalho e relacionamentos de forma geral. Conflitos existenciais intensos, mal conduzidos que inflexibilizam posições, tornando tudo mais difícil e penoso.  Pessoas com grande dificuldade de comunicação que não conseguem expor com clareza seus sentimentos, muito menos escutar no sentido de compreender os outros. A intolerância, a falta de solidariedade e o egoísmo são verdadeiras chagas sociais que precisam ser combatidas através da mudança do paradigma da competitividade pelo da cooperação.
 

Mas, embora esse embate de ideias seja muito preocupante, outro problema não é de menor relevância: a inexistência de ideias ou a aceitação passiva das teorias alheias. A acomodação em situações insatisfatórias, a falta de argumentos, pelo desânimo ou pela insegurança, constitui um dos mais graves problemas existenciais.  Alguns lamentam, mas nada fazem para mudar o que os angustia, outros sequer reclamam e se afundam em desmotivação na vida. Lamentável!
 

Conflitos são naturais entre seres humanos, porque as pessoas têm pontos de vista diferentes e tendem a acreditar que os seus são sempre os certos. No entanto, quando aprendem o quão libertador é considerar outras possibilidades, mantendo o respeito mesmo quando as rejeita, aprendem a lidar com o diferente e adquirem maturidade para viver em harmonia na sociedade. Nessa conotação o conflito surge como algo positivo, que provoca evolução e acrescenta movimento promissor na vida.
 

Pessoas que temem enfrentar situações conflitantes e optam por calar-se, acatando até mesmo o que não entendem ou acreditam, acabam perdendo a identidade e vivendo de forma infeliz. Difícil pensar em algo mais degradante para a autoestima do que viver à sombra dos outros e à margem da vida. Portanto, não permita que o comodismo e a insegurança anulem o seu prazer de viver, de ter participação ativa na sociedade, de acreditar e buscar seus sonhos.
 

Esqueça as lamentações, faça com que sua voz seja ouvida e não tema o conflito de ideias; com respeito e bons argumentos é possível resolver qualquer embate e manter bons relacionamentos mesmo com pessoas que pensam muito diferente de você. Esteja aberto à novas alternativas, volte atrás se for preciso; mas viva de forma que cada dia valha à pena. Segundo escreveu o Barão de Itararé: "Não é triste mudar de ideias. Triste é não ter ideias para mudar".
 

Se não está feliz, aja; se errou, peça desculpas e se não concorda, conteste!

Envie seu comentário