Aracaju, 16 de Outubro de 2018

Coluna

Post 38709a474f3f1d37

Pensamento, palavra e ação

Por Suely Buriasco

Treinamentos em resolução de conflitos e coaching para equipes, familiares e pessoais.
Aprenda a administrar conflitos e fortaleça suas relações!

 

Suely Buriasco é  consultora em Mediação Corporativa, Mediação de Conflitos e Coach, atuando nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Educadora graduada em Estudos Sociais e pós-graduada em Docência Superior e Mediação de Conflitos e MBA em Gestão Estratégica de Pessoas.  É articulista de jornais e sites, sempre abordando temas que incentivam o autoconhecimento e a busca pelo equilíbrio, harmonia e sabedoria. Possui dois livros publicados pela "Novo Século"Editora": Uma Fênix em Praga e Mediando Conflitos no relacionamento a dois.



Agende sua consulta através do telefone 11 3254-7420 ramal 143
WhatsApp 11- 993514566
www.sburiasco.com.br

14/08/2015
A "saia justa" dos grupos nas redes sociais
Article cover big 34b63e5732ce2252

Se as postagens públicas nas redes sociais são comumente alvo de comentários inoportunos e, até mesmo violentos, imagine nos grupos fechados, onde as pessoas se sentem ainda mais livres para escrever o que bem entendem. Não é por menos que as reclamações se multiplicam e muita gente não sabe mais como sair dessa "saia justa".
 

As pessoas não precisam aceitar, basta que alguém tenha seus contatos e pronto são adicionadas e passam a fazer parte de um grupo virtual que, muitas vezes, é também real, como no caso de membros de família, amigos, companheiros de viagem, parceiros de festa, colegas de estudo ou de trabalho, enfim.  O problema é quando não se tem afinidade com os assuntos ou mesmo não tem tempo suficiente para acompanhar as postagens. Sair é rejeitar o grupo, principalmente quando não são apenas conhecidos virtuais e isso pode causar conflitos reais. Então o que fazer? Pensemos em algumas possibilidades:
 

1- Você foi adicionado em um grupo de amigos virtuais
 

Se ninguém o convidou e você não se interessa em participar, não precisa se incomodar com justificativas, basta sair e pronto. Se um conhecido virtual o convidar então você pode se justificar com ele particularmente, dizendo qual a razão pela qual prefere ficar de fora. Caso não queira entrar em particularidades, diga que está sem tempo e não vai conseguir participar.
 

2- Você foi adicionado em um grupo de amigos reais
 

Primeiro é bom pensar nas consequências de simplesmente sair, afinal pode não ser interessante causar algum tipo de constrangimento, principalmente se você convive com as pessoas do grupo. Uma opção nesse caso é silenciar as notificações e não se manifestar até que sua ausência não seja mais notada e se alguém questionar essa postura, você terá a chance de se desculpar usando, por exemplo, o argumento da falta de tempo para acompanhar as postagens.
 

3- Você não gosta do teor das postagens
 

Grupos de familiares e mesmo de amigos onde dois ou mais passam a trocar palavras ofensivas ou as postagens enveredam para calúnias, fofocas, piadas de mau gosto, pornografia, enfim temas que provoquem seu mau estar, o melhor é sair o quanto antes. Num clima tenso não há necessidade de justificativas, mas você pode escrever uma mensagem do tipo: Estou saindo do grupo, mas continuo à disposição de todos no meu contato individual.
 

Em todo tipo de situação constrangedora o melhor é usar da assertividade e, de forma educada se postar conforme a própria vontade, afinal, não dá para viver querendo agradar a todo mundo, certo?

Envie seu comentário