Aracaju, 11 de Dezembro de 2018

Coluna

Post c647c930266f0c5a

Viajando com Acácia Trindade

Por Acácia Trindade

Acácia Trindade é jornalista há 30 anos. Repórter , editora de Turismo e foi diretora do Jornal da Cidade e de Comunicação do Tribunal de Contas de Sergipe. Atualmente está chefiando a Ouvidoria da Corte de Contas. Mantém uma página sobre Turismo no Facebook - Viajando com Acácia Trindade. Agora passa a fazer parte do time do Conecte Mulher

 

27/11/2017
A família surfista: Itacaré
Article cover big 8664fdac8866bd64

 

Depois de curtir as belezas da ilha Morro de São Paulo, a nossa família aventureira ruma para explorar as praias baianas que ficam na Costa do Cacau. 

 

Com o espírito de surfista, Pedro Neto escolheu Itacaré, que é considerado um dos melhores pontos do Nordeste para a prática do surf. Esportistas do mundo todo chegam ao município atraídos pelas belas ondas em praias paradisíacas.

 

Chegando a Itacaré, Pedro Neto, Elis, Duda e Clarinha descobriram atrações além do surf. O ecoturismo bem estruturado. O município tem praias e rios emoldurados pela Mata Atlântica. Uma natureza exuberante. Tem atração para todo o tipo de turista. Lojinhas do Centro expõem produtos de nativos e artesãos da região. 

 

Por todo lado surgem restaurantes com delicias das culinárias  baiana e internacional. Á noite, Pedro Neto e as meninas se misturavam aos turistas para dançarem forró, raggae e participarem das festas na areia da praia.

 

Pedro Neto disse que teve a oportunidade de praticar vários esportes nas praias, cachoeiras e rios de Itacaré. Fez trilhas e surfou bastante. O  nosso aprendiz de surfista foi logo se exibir na praia de Tiririca, a mais conhecida para a prática deste esporte. No inverno as ondas no local chegam a 3 metros de altura. Nesta aventura arrastou Elis, Duda e Clarinha.

 

As meninas aventureiras também conheceram outros points do surf como Itacarezinho, Havaizinho. Por último foram a Engenhoca e Ribeira aprender algumas manobras do esporte,  porque lá o mar é mais tranquilo para as iniciantes. Elas tiveram direito até a professores de surf no local. Durante uma semana surfaram, fizeram trilhas, tomaram banho de cachoeira, aproveitam a natureza pródiga.

 

O carro eles deixaram estacionado na garagem da pousada. E sempre com o apoio de guias locais realizavam os passeios. Para chegar às praias foram a pé e em alguns casos usaram caiaques, canoas, bicicletas e jipes. No rio de Contas, a família praticou o Rafting. Uma hora de descida em trechos de corredeiras entre cânions. Ainda se arriscaram na tirolesa de 180 metros.

 

Nos finais das tardes, mesmo cansada,  a família corria para a Ponta do Xaréu, no canto esquerdo da praia da Concha, para ser abençoada com um belo pôr do sol.

Descansar é o que menos queriam, mas depois de tantas atividades a pousada aconchegante caiu bem. Pedro Neto disse que Itacaré oferece mordomias em pousadas e resorts. Procurando bem, o aventureiro disse que descobriu pousadas boas com preços bem em conta. Fiquem de olho na próxima parada da nossa bela família.

 

 

 

 

                            

 

 

                            

 

 

                              

 

                                   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                   

Envie seu comentário