Aracaju, 12 de Dezembro de 2017

Astrologia

Post 74312d343c829f80

Cibele Lemos  é jornalista e trabalha com a cartomancia há 20 anos em Aracaju. A descoberta e desenvolvimento de sua espiritualidade se deu quando estudante, período em que resolveu se aprofundar no universo da cultura cigana. Os atendimentos são realizados na Magia Cigana e o contato para consultas é pelo número 3042-1934.

05/05/2015
Santa Sarah Kali, a Padroeira dos Ciganos
Article cover big 62801a697865146d

Abrimos o mês de maio com as homenagens rendidas à Padroeira dos Ciganos, Santa Sarah Kali. Comemorado nos dias 24 e 25 deste mês, Santa Sarah é a protetora das famílias e das mulheres que desejam engravidar.
 

Conta a lenda que Sarah Kali era serva de José de Arimatéia, Maria Madalena, Maria Jacobé (mãe de Tiago, o Menor) e Maria Salomé (mãe de João e de Tiago, o Maior). Pouco depois da morte de Jesus Cristo, as três mulheres e sua serva foram atiradas ao mar, em uma barca semremos nem provisões, pelos judeus.
 

Milagrosamente, esta pequena embarcação aportou na praia próxima ao Petit-Rhône, onde alguns ciganos lhe acudiram; hoje, Saintes-Maries-de-La-Mer (Santas vindas do mar) é um lugar de peregrinação católica e de encontro de ciganos de todo o mundo.
 

A devoção dos ciganos está voltada para Sarah a Kali, Sara a Negra, Santa Sarah Kali, a Padroeira e Protetora dos Ciganos de Todas as Tribos do Mundo. Embora não tenha sido canonizada pela Igreja Católica, sua imagem está na gruta da igreja que esteve interditada até 1912.
 

Nos dias 24 e 25 de maio, os ciganos passam a noite na cripta oferecendo, flores, talismãs diversos e frutas a Sarah Kali. Seguindo todo um ritual, no dia 24 de maio, pela manhã, os homens ficam responsáveis por levar uma embarcação ao mar com as imagens das três Marias e de Santa Sarah, onde também são colocadas as oferendas à padroeira do Povo das Estradas.
 

Para os Roms (ciganos), Sarah guarda o néctar da vida, as promessas de amor e prosperidade, a certeza de filhos sãos com dons específicos para conduzirem a Magia de seu povo, zelando pela tradição cigana.