Aracaju, 15 de Agosto de 2018

Astrologia

Post 74312d343c829f80

Cibele Lemos  é jornalista e trabalha com a cartomancia há 20 anos em Aracaju. A descoberta e desenvolvimento de sua espiritualidade se deu quando estudante, período em que resolveu se aprofundar no universo da cultura cigana. Os atendimentos são realizados na Magia Cigana e o contato para consultas é pelo número 3042-1934.

04/06/2018
O poder mágico das velas
Article cover big f7db40eafd130c48

Quando se acende uma vela, uma luz se acende também. E não estou aqui falando sobre a iluminação do pavio, mas de uma luz espiritual. É como se, de repente, você criasse um elo de ligação trazendo a energia da espiritualidade para sua vida. Cada cor de vela tem uma intenção e um significado específico. As cores podem representar e chamar as energias arquetípicas, elemental e astral.

 

Mas não podemos esquecer que é sempre bom observar como a vela queima, pois é muito importante verificar o sucesso ou o fracasso de sua magia. Vela que não permanece acesa, toda hora apaga, por exemplo, não é bom sinal, mostra que pode existir energia forte externa que esteja atrapalhando seu pedido. Se a vela termina inteira, sem restos de cera, sem marcas é um excelente sinal. Quando a vela “chora”, pode ser sinal de necessidade de luz.

 

 

As cores das velas e seus significados:

 

Branca – purificação espiritual, limpeza, proteção.

 

Azul – para paz, tranquilidade, harmonia, alegria.

 

Verde – saúde.

 

Amarela – boa sorte, fortuna, dinheiro, energia.

 

Vermelha – amor, relacionamentos, paixão, vigor físico.

 

Rosa – para atrair amor, paixão, romance, harmonização de casal.

 

Roxa – transmutação de energias negativas em positivas. É também a cor de Saint German e da espiritualidade.

 

Marrom – para questões de ordem jurídica.

 

Preta – proteção, remoção de energias negativas.

 

Dourada – para busca de sucesso, principalmente no trabalho.