Aracaju, 12 de Dezembro de 2017

Astrologia

Post 74312d343c829f80

Cibele Lemos  é jornalista e trabalha com a cartomancia há 20 anos em Aracaju. A descoberta e desenvolvimento de sua espiritualidade se deu quando estudante, período em que resolveu se aprofundar no universo da cultura cigana. Os atendimentos são realizados na Magia Cigana e o contato para consultas é pelo número 3042-1934.

18/05/2015
Lenda da Cigana com uma Rosa Entre os Seios
Article cover big 137e95be1cdbf15f

Na Idade Média, existia uma cigana chamada Ertil que gostava de passear nos jardins de todos os lugares em que seu povo acampava.


Um certo dia, a sua caravana armou acampamento na Espanha e Ertil saiu para procurar um canteiro de flores. De repente, ela se deparou com um jardim de rosas e colocou uma delas entre seus seios. Naquele mesmo instante apareceu o dono do canteiro com uma faca na mão, que exclamou:


- Sua ladra de rosas, você merece morrer!


Após isto, o homem enfiou a arma branca no coração da garota. Mas, com medo de ser descoberto pelos ciganos, enterrou a menina debaixo das rosas e abandonou seu jardim. Porém, as rosas nunca morreram.


Dez anos depois, outra caravana cigana armou acampamento perto daquele canteiro. Entre estas pessoas existia uma menina chamada Flor Rosa Corazón. Então ela decidiu dar uma volta no local e encantou-se com o jardim de rosas. Porém, um maníaco que estava seguindo a pobre , deu uma facada no meio do seu peito e saiu correndo. Naquele mesmo instante surgiu o espírito de Ertil que disse à moribunda:


- Também sou cigana e fui morta da mesma maneira, neste mesmo local. Porém tenho o poder de não deixar você morrer.


Flor Rosa que estava quase falecendo perguntou:


- Como? 


O fantasma explicou:


- Coloque esta rosa, que estou carregando em minhas mãos, no meio dos seios. Pois, ela será o seu outro coração, que deverá estar à vista de todos. Não se esqueça que esta flor é eterna, porque nunca morrerá. Porém, você não deve tirar esta planta do seu coração nunca, pois se isto acontecer, a sua pessoa falecerá no mesmo segundo. Mas, você deve entregar esta rosa somente ao seu amor verdadeiro, caso isto não aconteça, nunca poderá ser amada.


Deste jeito o espírito colocou a rosa entre os seios de Flor, que logo voltou a respirar porque a rosa passou a ser o seu coração.

Um certo dia, Flor estava dançando numa aldeia, quando de repente viu um homem, apaixonou-se e jogou a rosa, que estava no meio dos seus seios, para ele. Assim eles viveram um romance e no lugar onde estava a planta, surgiu uma linda tatuagem de rosa vermelha.


Por isto, na Dança Cigana, é comum a bailarina jogar uma rosa para alguém da plateia. Reza a lenda que a pessoa que pegar esta flor conhecerá um amor sincero e verdadeiro.
Luciana do Rocio Mallon